Publicado em: 13/05/2022 às 07:50

Óleo a mais de R$10,00: é possível substituí-lo por banha de porco?

Banha de porco não é indicada, mas pode ser consumida em pequenas quantidades
Correio do Estado

O preço do óleo de soja tem pesado no bolso de muitos sul-mato-grossenses. Com isso, algumas pessoas têm optado pelo uso da banha de porco no preparo de alimentos, por questões de economia e rendimento do produto.

Pesquisa realizada pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) aponta que o preço do óleo de soja, da marca 'Concórdia' de 900ml, custa R$9,89 no Atacadão, R$9,29 no Fort e R$9,25 no Assaí.

Levantamento de preços realizado em um supermercado, pela reportagem do Correio do Estado, revelou que o preço do pote de banha de porco, da marca 'Frimesa' peso 450g, custa R$6,25 em Campo Grande.

A nutricionista, mestre e doutoranda em Saúde e Tecnologia, Nayara Lima, afirmou ao Correio do Estado que não incentiva o uso da banha de porco, mas que não há problema em utilizá-la em pequenas quantidades, desde que a alimentação seja equilibrada.

A nutricionista ressaltou, ainda, que a banha de porco não é uma boa alternativa para pessoas que possuem doenças no coração, hipertensão, alteração de colesterol, esteatose hepática (gordura no fígado) ou diabetes.

“Banha de porco é composta por um tipo de gordura chamado de saturada. O consumo desse tipo de gordura está relacionado ao aumento do LDL (“colesterol ruim”) e, consequentemente, com uma maior tendência a doenças cardiovasculares”.

“Eu não indico para os meus pacientes e sempre peço para que optem por óleo vegetal, mesmo que sejam refinados”.

O benefício da banha de porco é que a gordura possui maior tolerância ao calor, produzindo menos compostos ruins às altas temperaturas.

O melhor tipo de óleo é o azeite de oliva, mesmo que não seja o extra-virgem, de acordo com a nutricionista.

“Independentemente do tipo de gordura, o uso deve ser mínimo no preparo dos alimentos. Gorduras possuem alto valor calórico e os excessos podem contribuir com ganho de peso e prejuízo à saúde”, aconselhou a nutricionista.

Fonte: Correio do Estado

Quem Somos

Paranaíta On Line "Responsabilidade na Informação" Paranaíta - Mato Grosso - Brasil

Categorias

Enquete

O que você achou do novo visual do site? Dê sua opinião e nos ajude a melhorar nossa plataforma.

Copyright © 2022 - Paranaíta Online - Todos os direitos reservados.