Bom dia, hoje é quinta-feira 02 de Julho de 2020

Pescadores e garimpeiros são surpreendidos com operação da Sema nos rios Paranaíta e Teles Pires
Publicado em: 26/05/2020 ás 10:51:00 Autor: Arão Leite/Jornal da Cidade

Pelo menos quatro equipes da Secretaria Estadual de meio Ambiente com apoio da Polícia Civil de Alta Floresta realizaram operação nos Rio Paranaíta e Teles Pires, no município de Paranaíta no final de semana.

Pescadores e garimpeiros que foram encontrados na região do chamado cajueiro principalmente, foi surpreendidos com a chegada repentina dos agentes no sábado e domingo.

De acordo com o chefe da unidade regional da Sema, Vinícius Rezek, as equipes saíram de Alta Floresta sentido Paranaíta ainda no sábado pela manhã.

Os fiscais e investigadores se dividiram na chegada ao Rio Paranaíta pelas proximidades do Assentamento São Pedro e saíram vistoriando o local. “Navegamos cerca de 45 quilômetros pelo Rio Paranaíta e mais uns 35 quilômetros de Teles Pires”, detalhou Rezek.

Os trechos próximos da barragem da Hidrelétrica Teles Pires e também da região alagada pelo Rio Paranaíta, até a balsa do Cajueiro, foram os locais de maior referência nas abordagens do final de semana. No entanto, a escolha do ponto não foi motivada por nenhuma denúncia, segundo o chefe da Sema.

“Faz tempo que não tínhamos passado por esses locais”, resumiu Vinícius ao destacar que, embora alguns pescadores tenham sido encontrados com peixes fora de medida e outras sem a devida autorização legal, boa parte estava praticando a pesca dentro da Lei. “Percebemos que dessas pessoas abordadas 95% fizeram suas carteiras. Isso é muito bom”, declarou o chefe da Sema.

Mesmo assim foi feita apreensão de mais de 50 quilos de pescado irregular e recolhido dos Rios Teles Pires e Paranaíta mais de 4 mil metros de corda usada para espinhel ou ‘varal’. “E agora teremos o reforço de equipes de fora, pois as fiscalizações vão continuar o ano inteiro”, avisou.

Balsas em área não permitida

A Sema em todo trajeto fiscalizado abordou cerca de 12 embarcações de pescadores, tanto nos rios quanto em barreiras já que tinham duas equipes por terra e outras duas nas estradas. Mas o foco também atingiu os garimpeiros.

Cerca de 16 balsas de garimpo, que estavam explorando o Rio Teles Pires em área fora do trecho liberado, foram notificadas a saírem e se atracarem somente onde tem autorização.

No domingo durante boa parte do dia, garimpeiro que estavam em busca de ouro para região à baixo do cajueiro, tiveram que atender as determinações.

Notícias relacionadas