Bom dia, hoje é domingo 23 de Fevereiro de 2020

Eleitor de MT tem 2 prazos: Quem estiver com o título cancelado, não vota nas eleições municipais nem na suplementar
Publicado em: 11/02/2020 ás 15:35:00
Fonte: O Livre

Brasileiros com o título de eleitor cancelado têm até 6 de maio para regularizar a situação e conseguir votar nas eleições municipais, em outubro, para prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Mas quem mora em Mato Grosso precisa estar atento, porque aqui existem dois prazos.

O eleitor com intenção de votar na eleição suplementar ao Senado tem até 21 de fevereiro, ou seja, menos de duas semanas, para regularizar a situação junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

 

Se perder esse prazo, não poderá votar na eleição marcada para o fim de abril. É o pleito que escolher o substituto de Selma Arruda (Podemos), cassada por prática de caixa 2 na campanha passada.

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados no Brasil porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas.

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto.

Dele será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que deixou de comparecer.

Além de não votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

A situação de cada eleitor pode ser verificada no site do TSE.

[[Com Agência Brasil]]

Notícias relacionadas