Bom dia, hoje é sexta-feira 20 de Abril de 2018

Delegado de Paranaíta indicia por homicídio qualificado homem que matou eletricista que cortou energia de sua casa
Publicado em: 12/04/2018 ás 09:26:00
Fonte: Só Notícias/Cleber Romero

O delegado de Polícia Civil de Paranaíta (391 quilômetros de Sinop), Marcos Lyra indiciou o proprietário da residência, de 51 anos, por homicídio qualificado (com intenção de matar) do eletricista de distribuição da concessionária de energia, Gilmar Francisco de Oliveira, de 33 anos, (foto) no dia 24 de julho do ano passado. O delegado explicou, em entrevista, ao Só Notícias, que o acusado planejou a morte da vítima. “Já concluímos o inquérito e o acusado está foragido. Indiciamos ele por homicídio qualificado. Estamos aguardando que ele seja preso ou se entregue para polícia. Sabemos que está na região do Pará, fizemos diligências, mas não o encontramos. Está com um mandado de prisão e pode ser pego a qualquer momento”, disse Lyra.

Gilmar foi assassinado com um tiro, na altura do tórax, no momento em que religava a energia de uma residência, localizada em uma chácara nas proximidades de Paranaíta. As investigações apontaram que ele estava religando a energia quando foi surpreendido pelo acusado que teria ficado revoltado pelo corte no fornecimento de energia. Ele não teria feito o pagamento da conta atrasada e pediu a religação. Após isso, ficou esperado o funcionário da empresa, atirou contra ele e fugiu.

Na época, a empresa lamentou profundamente o ocorrido e informou que prestou  todo o apoio à família dele, assim como nas investigações policiais.

 

Notícias relacionadas