Bom dia, hoje é segunda-feira 20 de Maio de 2019

Consórcio que assumirá rodovias MT-320 e MT-208 deve assinar contrato até o início de abril
Publicado em: 26/03/2019 ás 09:13:00 Autor: Notícia Exata

No dia 28 de fevereiro de 2018, o governo de Mato Grosso realizou na Bolsa de Valores B3 (antiga BM&F Bovespa), em São Paulo o leilão de dois lotes de privatização dos trechos de 111,9 km da rodovia MT-100 em Alto Araguaia (Lote 1) e de 188,2 Km das rodovias MT-320 e MT-208 em Alta Floresta (Lote 2).

A ganhadora dos trechos foi o consórcio Via Brasil, para o lote que compreende as rodovias MT-320 e MT-208, que liga a BR-163 a Alta Floresta, o consórcio ofertou o lance de R$ 6,16 milhões, maior valor de outorga fixa, representando um ágio de 516% sobre o valor de outorga mínimo de R $ 1 milhão definido no edital.

O Notícia Exata entrou em contato com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), para saber como está o processo para que o consórcio assuma efetivamente o trecho privatizado. De acordo com a assessoria, a concessionária Via Brasil arrematou o lote referente às rodovias MT-320 e MT-208 – fincando descrito como Consórcio Via Brasil MT-320. A concessão está em fase de transferência da rodovia para concessionária.

Período este que precede a assinatura de contrato, que deve acontecer entre o final de março e início de abril. No dia 15 de março de 2019, terminou o prazo de entrega de documentos e pagamento de outorga.

No momento, a documentação está sendo analisada pela equipe técnica da Sinfra. Sobre a cobrança de pedágio nos trechos, a SINFRA informou que somente depois do período de 12 meses da assinatura do contrato e do cumprimento das exigências estabelecidas no edital, só então a empresa poderá começar a cobrar o pedágio nas rodovias. A extensão do trecho concessionado é de 188,20 km. 
 

Notícias relacionadas